A visão é um sentido dinâmico e muda conforme o tempo. Veja os principais problemas, de acordo com cada etapa da vida. Bem Estar apresenta óculos e lentes para todos os gostos e necessidades
A visão é um sentido dinâmico e muda conforme o tempo. O Bem Estar desta quinta-feira (2) montou uma linha do tempo da nossa visão. Os oftalmologistas Emerson Castro e Newton Kara José Junior demarcaram os principais problemas, de acordo com cada etapa da vida.

Infância: cerca de 6% de todas as crianças até a idade escolar têm algum problema na visão. Para 95% dos problemas há solução. De todos os problemas, os mais comuns são: hipermetropia fisiológica, ambliopia, estrabismo e catarata congênita.
Atenção aos sinais de problemas na infância:
Reflexo do olho branco
Baixo rendimento escolar

Apertar os olhos para enxergar
Grudar o rosto no computador ou no livro para enxergar
Reclamar que não está enxergando

Dispersão na sala de aula
Adolescência e adulto jovem: os problemas estão relacionados ao fator genético. A miopia aparece mais nessa fase. Outro problema que pode surgir é o astigmatismo.
Aos 40 anos: é comum acontecer a famosa vista cansada, ou presbiopia. Mas é preciso ficar alerta também com o glaucoma, um problema silencioso, que não apresenta sintomas, mas pode levar à cegueira.

Idoso: após os 50 anos, alguns problemas podem surgir como a catarata. Nem sempre é preciso operar. A degeneração da parte mais nobre da visão – degeneração macular relacionado à idade (DMRI), também pode surgir.
Máquina testa a qualidade dos óculos escuros
Viseira do capacete levantada é um perigo para os olhos
Veja a edição desta quinta-feira:
Bem Estar – Edição de Quinta-feira, 02/08/2018

LEIA TAMBEM  Nintendo Switch tem falha que permite instalar Linux