Diretor de futebol, Marcelo Djian, irá apontar erros da atuação da arbitragem na partida contra o Vasco, no Mineirão

ão repercutiu bem na diretoria do Cruzeiro a atuação da arbitragem na partida contra o Vasco, na última quarta, no Mineirão. O diretor de futebol do clube mineiro, Marcelo Djian, tem programada uma ida à Confederação Brasileira de Futebol, na próxima segunda, para reclamar da atuação do árbitro Luiz Flávio de Oliveira e seus assistentes.

Jogadores do Cruzeiro reclamam de arbitragem após a partida contra o Vasco (Foto: Gabriel Duarte)Jogadores do Cruzeiro reclamam de arbitragem após a partida contra o Vasco (Foto: Gabriel Duarte)

Jogadores do Cruzeiro reclamam de arbitragem após a partida contra o Vasco (Foto: Gabriel Duarte)

A diretoria não gostou da arbitragem, principalmente pelos erros que considera grave em dois lances específicos. O primeiro foi na etapa inicial, com Edilson sendo derrubado no gramado por Desábato. O árbitro assistente estava próximo ao lance, mas não apontou a penalidade (confira no vídeo abaixo).

Edílson é derrubado por Desábato na áea, mas árbitro não dá pênalti aos 19 do 1º tempo

Edílson é derrubado por Desábato na áea, mas árbitro não dá pênalti aos 19 do 1º tempo

No segundo tempo, outra reclamação cruzeirense. Marcelo foi lançado na grande área, cabeceou para Raniel, que disputava a bola com Paulão. O Cruzeiro também reclama de penalidade, já que o zagueiro vascaíno levou o braço sobre o jogador cruzeirense, que caiu no gramado. O árbitro também não marcou.

Raniel cai após dividida com Paulão e Cruzeiro pede pênalti do 2º tempo

Raniel cai após dividida com Paulão e Cruzeiro pede pênalti do 2º tempo

Os dois assistentes na partida eram Thiago Luis Scarascati e Adriano de Assis Miranda, ambos de São Paulo, assim como toda a equipe de arbitragem, liderada por Luiz Flávio de Oliveira. Será a primeira ida confirmada da diretoria cruzeirense para reclamar na comissão da arbitragem sobre a atuação dos árbitros neste Campeonato Brasileiro.

O Cruzeiro empatou com o Vasco por 1 a 1, no Mineirão, e perdeu a chance de se aproximar ainda mais do líder Flamengo. A equipe está com 17 pontos e, atualmente, ocupa o quarto lugar na competição.

Orgulhosamente feito com wordpress sites